miudos_tech

São 11, são portugueses e estão entre os professores mais inovadores do mundo

Microsoft elege 11 professores portugueses como sendo dos mais inovadores do mundo com uso da tecnologia nas aulas.

Alunos aprendem com tecnologia no Colégio Monte Flor. Foto: RR

 

Robôs, códigos de programação, computadores portáteis, mesas e quadros interactivos são parte do material escolar dos alunos do Colégio Monte Flor, em Carnaxide, onde dois docentes foram recentemente distinguidos pela Microsoft como sendo dos mais inovadores do mundo.

O programa “Professores Inovadores” elegeu 11 professores portugueses entre 800 em todo o mundo que foram considerados “campeões da integração de tecnologia na sala de aula”, segundo Vânia Neto, do departamento da Educação da Microsoft, reconhecendo o esforço dos docentes para fazer a diferença no método de ensino.
Rui Lima e Andreia Sequeira, docentes do segundo e quarto ano no Colégio Monte Flor, consideram que o uso da tecnologia em sala de aula não isola os alunos. Pelo contrário, “incentiva-os a comunicar e a colaborar mais. Nunca trabalham individualmente”, explica Rui Lima.
Os alunos parecem gostar destas aulas diferentes e diversão foi a palavra mais utilizada: “Aqui aprendemos de forma diferente, não fazemos fichas”, diz um dos estudantes. A facilidade de aprendizagem é outro dos aspectos apresentados pelos mais novos.
Andreia Sequeira diz que o prémio é o reconhecimento do trabalho desenvolvido. A professora destaca ainda a importância de influenciar os outros a novas práticas de ensino. “É bom para o colégio e também para as outras escolas perceberem que é possível”.

 

Inovação no Gana
E inovar nem sempre é sinónimo de tecnologia. É o caso de um professor que Rui Lima conheceu no Gana. Com o pouco material que tinha conseguia ensinar e dar aulas dinâmicas.

“Como não tinha espaço para todos os alunos, metia-os na rua, debaixo de uma árvore ou num espaço aberto. Fazia actividades espectaculares com os alunos. Ser inovador é isso mesmo”, conta.
No ano passado, Rui Lima e os alunos criaram um canal no YouTube com tutoriais a explicar como programar. Dois deles, Gonçalo Calçadas e Matias Fareleira, com sete anos, desenvolverem um jogo sobre o meio ambiente. Venceram a final europeia do “Kodu Conquerors”, uma competição de programação, também organizada pela Microsoft.
Estas são aulas diferentes, mas Rui e Andreia esperam que no futuro se espalhem por todo o país.
Paralelamente à distinção dos professores, a Microsoft também elege as escolas mais inovadoras. O Colégio Monte Flor, em Carnaxide, e o Agrupamento de Escolas de Freixo, em Ponte de Lima, são as representantes portuguesas na lista.

 

 

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=176586

 


 

A Microsoft divulgou uma lista onde distingue, a nível mundial, 800 professores inovadores. Entre os nomes agora divulgados encontram-se onze professores portugueses: Rui Lima e Andreia Sequeira, do Colégio Monte Flor, em Lisboa; João Cunha, da Escola Afonso Henriques, em Guimarães; Carla de Jesus, da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha; Carlos Cunha, da Escola Secundária Dom Manuel Martins, em Setúbal; Virgínia Esteves, da Escola José Relvas, em Alpiarça; Ângela Oliveira e Pedro Correia, do Agrupamento de Escolas de Freixo, em Ponte de Lima; Dulce Pinto, do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade, em Almada; Sónia Barbosa, do Agrupamento de Escolas Álvaro Velho; e José Carlos Marques, da Escola Secundária Pedro de Santarém, em Lisboa.

Estes professores distinguem-se não apenas pela reflexão sobre o papel e potencial da tecnologia na transformação do ensino, propondo novos modelos que permitam tornar as salas de aula em espaços mais inovadores, e procurando dotar os alunos das competências necessárias para responder aos desafios da uma era cada vez mais global e digitalizada, mas também pelo seu papel formativo evidente através da partilha de conhecimento e experiência que decerto inspiram outros educadores e instituições de ensino a integrar a tecnologia como ferramenta pedagógica.

Portugal também ficou bem representado na lista das escolas com duas referências como “Showcase Schools” que se destacam pela forma como introduzem as mais recentes tecnologias em contexto de sala de aula para promover práticas pedagógicas inovadoras e alinhadas com as competências do século XXI (Colégio Monte Flor, em Lisboa e Agrupamento de Escolas de Freixo, em Ponte de Lima.)

Sem comentários

Deixe uma resposta

*

*

336x280ad

Artigos Populares